Interconexão entre saúde, espiritualidade e religiosidade: importância do ensino, da pesquisa e da assistência na educação médica

Prof. Dr. Marcus Zulian Teixeira

Desde os primórdios da humanidade, todas as populações valorizam a correlação entre a saúde e o binômio espiritualidade-religiosidade (E/R), embora tenham sido separados na prática médica moderna. Nas últimas décadas, têm-se observado um incremento de estudos e pesquisas que endossam a necessidade de se reconsiderar essa abordagem integrativa, com evidente incremento na atenção à saúde.

Objetivo: O artigo ressalta a importância e a necessidade do ensino, da pesquisa e da assistência da interconexão entre saúde, espiritualidade e religiosidade na educação médica.

Método: Revisão narrativa da literatura realizada em 2018 a partir das publicações existentes nas bases de dados MEDLINE (via PubMed) e LILACS (via BVS).

Resultados: Descrevendo o panorama dos estudos que demonstram os efeitos positivos das práticas espirituais e religiosas na saúde física e mental dos indivíduos, o artigo evidencia que sua incorporação às demais terapias poderia incrementar o enfrentamento e a evolução clínica em inúmeras doenças.

Conclusão: No entanto, pesquisas com desenhos apropriados devem ser realizadas para diferenciar o efeito terapêutico específico das intervenções espirituais e religiosas do efeito terapêutico não específico ou efeito placebo que o simbolismo espiritual e religioso desperta no psiquismo dos pacientes

Teixeira, M. Z. (2020). Interconexão entre saúde, espiritualidade e religiosidade: importância do ensino, da pesquisa e da assistência na educação médica. Revista De Medicina, 99(2), 134-147. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v99i2p134-147

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *